Home > É Festa, Participe! > 31/10/2008 – Dia de festa!

31/10/2008 – Dia de festa!

Nesta sexta-feira, 31 de outubro, é comemorado, nos Estados Unidos, O Dia das Bruxas. No Brasil, é o Dia do Saci, para homenagear o tradicional personagem do folclore brasileiro.

É, Folclore em Pauta.

Entende-se por folclore o conjunto de crenças, lendas, festas, superstições, artes e costumes de um povo. Tal conjunto normalmente é passado de geração a geração por meio dos ensinamentos e da participação real dos festejos e dos costumes. De origem inglesa, o folclore é uma palavra originada pela junção das palavras folk, que significa povo; e lore, que significa sabedoria popular. Formou-se então a palavra folclore que quer dizer sabedoria do povo.

Em relação ao Dia do Saci, conforme Mário Candido da Silva Filho, presidente da Sociedade de Observadores de Saci (Sosaci), a data de hoje foi escolhida propositalmente e criada como movimento para defesa de mitos nacionais, ou seja, para chamar a atenção dos brasileiros que insistem tanto em valorizar mais o “importado”, o que vem de fora.
Desde que a lenda do Saci Pererê surgiu, ela sofreu alterações. No início, ele era um garoto indígena, com duas pernas e que gostava de fazer brincadeiras, como dar nó na crina do cavalo, jogar sal na comida. Sem maldade, apenas traquinas, brincadeiras.
Depois, com a chegada dos negros ao Brasil, a lenda teria sofrido alterações.
O Saci passou a ser negro, ter uma perna só, usar gorro e fumar cachimbo.
Como dito acima, o Saci não é um personagem “do mal”, é apenas travesso.
Associar o Saci à imagem de demônio não é válido. Pela lenda, ele é um menino sapeca que preferiu ser livre em vez de viver na senzala nos tempos de colonização do Brasil.
‘Nada de mais’. 🙂

Sobre o Dia das Bruxas (Halloween);

A origem do Halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às atuais abóboras ou da famosa frase “Gostosuras ou travessuras”, exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração.
Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, que marcava o fim do verão. O fim do verão era considerado como ano novo para os celtas. Era pois uma data sagrada uma vez que, durante este período, os celtas consideravam que o “véu” entre o mundo material e o mundo dos mortos (ancestrais) e dos deuses (mundo divino) ficava mais tênue. Entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês). Acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa:

Hallow Evening -> Hallowe’en -> Halloween.

A relação da comemoração desta data com as bruxas propriamente ditas teria começado na Idade Média no seguimento das perseguições incitadas por líderes políticos e religiosos, sendo conduzidos julgamentos pela Inquisição, com o intuito de condenar os homens ou mulheres que fossem considerados curandeiros e/ou pagãos. Todos os que fossem alvo de tal suspeita eram designados por bruxos ou bruxas, com elevado sentido negativo e pejorativo, devendo ser julgados pelo tribunal do Santo Ofício e, na maioria das vezes, queimados na fogueira nos designados autos-de-fé.
Essa designação se perpetuou e a comemoração do Halloween, levada até aos Estados Unidos pelos imigrantes irlandeses (povo de etnia e cultura celta) no século XIX, ficou assim conhecida como “dia das bruxas”, uma lenda histórica.

Eu sou ‘festêro’, sou bagunceiro, qualquer festa eu vou, qualquer música alta me faz sacudir os ossos, adoro comer, desde brigadeiros e tortas até bolos e balas… héhéhé…

Sou Brasileiro!
Mas não sou preconceituoso…

Bom, preciso voltar ao trabalho… Mas vou preparar o cachimbo, os doces, as travessuras e Espero que nesse fim de semana, eu consiga aproveitar de alguma forma, as festas proporcionadas pelo dia de hoje! 😀

Este texto faz parte da blogagem coletiva Importando Folclore, organizada por Ronaldo Santos, editor do blog Vida Blog.

Advertisements
  1. 31 de October de 2008 at 1:19 pm

    Oi Cristiano!

    Tb curto as festas. Acho que não tanto quanto vc. Não sou preconceituosa, mas como postei na blogagem coletiva, não sou muito fã de Halloween.

    Bom trabalho!

    Renata

  2. 31 de October de 2008 at 1:34 pm

    Oi Renata…

    Tá, me mostrei aloprado.. tá bom.. rssrs…

    To indo no “Mundo Minúcias” agora! : ^)

  3. 31 de October de 2008 at 1:53 pm

    Prefiro o Saci às bruxas. Não tenho nada contra o halloween, mas sou favorável a que comemoremos o que é nosso, calcado na nossa cultura e não uma simples importação, totalmente artificial.

  4. 31 de October de 2008 at 10:48 pm

    [Tal conjunto normalmente é passado de geração a geração por meio dos ensinamentos e da participação real dos festejos e dos costumes.]
    Tipo ainda acho que no Brasil é deixado um pouco de lado sendo o Folclore algo tão bacana na cultura, mal é revisto nas escolas, nem tanto mais passado dos pais aos filhos acredito, deveria ser festajado mais aqui no Brasil ou ao menos na região sul como aqui no Paraná por exemplo.Não somente nas cidades do interior e tal.Seu post ta interessantérrimo!!!

  5. 31 de October de 2008 at 11:56 pm

    Oi, Cristiano! Também não tenho preconceito contra o Haloween ou qualquer outra manifestação cultural estrangeira; como eu disse no meu artigo, a cultura brasileira é mesmo uma mistura. O que me incomoda é tratar como legítima uma cultura estrangeira, que em nada contribuiu com a formação do povo brasileiro. Bom sábado!

  6. 1 de November de 2008 at 6:42 pm

    Opa, eu tb não tenhoi preconceito mas, hã…Viva o saci !! 🙂

    abraço

  7. 3 de November de 2008 at 10:32 pm

    Esta foi a minha 1a. participação na Blogagem Coletiva e adorei! Todas as postagens estão bem feitas. Você é festeiro! q bom, como a maioria do brasileiro não é mesmo? Sou descendente de japoneses e não sei se é por esse motivo, sou um tanto quietinha, não consigo me soltar rs, mas adoro as festividades comemoradas em regiões não só do Brasil, mas em outros países. Absorver culturas de outros países nunca é demais. Venha conhecer o Carnaval comemorado aqui no Japão, país onde moro há 6 anos! bjs

    Aprendendo a Língua Japonesa

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: