Archive

Archive for the ‘Artigo’ Category

Wand Fight Team – Academia de Wanderlei Silva

Sabem quem é o cara, né?
Wanderlei Silva.
Vixi! 8)

O cara veio do Muay Thai e foi campeão, inclusive do mundo, algumas vezes…
O cara é lutador profissional e faz jus a isso.

Toda a sua história pode ser lida aqui.

Mas esse post não é só para falar de pancadaria… 🙂
É para falar de Inglês…
Digo, do Idioma…
Wanderlei Silva falando inglês…
Da hora! 😀

Ele mora fora do Brasil não sei a quantos anos…
Morou em vários países…
Mas achei ‘show de bola’ essa entrevista…
Mostra mesmo como é possível aprender de verdade, um outro idioma…
Entender… Conversar mesmo, tranquilo, por muito tempo…
Muito bacana…

By the way…
Talking about drubbing,,,
Look that… 😀

Locos x Rails …

7 de April de 2009 Leave a comment

Locos x Rails 2009 aconteceu em Buenos Aires, Argentina. … 8)

A conferência que reuni estudantes… não… melhor… adoradores, aficionados por esse pacote…. é… melhor… 8) rs… Raby on Rails…

Foram muitos os estudantes presentes nos dias 3 e 4 de Abril, discutindo e aprendendo mais sobre esse Framework.

Vídeos foram feitos e um deles publicado por Fábio Akita em sua página no Vimeo.

Eu não sou programador…
Escrevo algumas coisas somente…
Programador é cientista… de verdade,,,

Mas eu gosto de atitude… desafio…
E esse é um… Ruby on Rails…
Open Source… Atitude…

Muitos falam Inglês no vídeo…
Vale a pena ver… 🙂

Locos x Rails from Fabio Akita on Vimeo.

I Have a Dream: Work at Google!

1 de January de 2009 Leave a comment

Hello, my name is Fábio and I have a dream: work at Google. During this year, I will working to reach this dream and after that I can reach all my other dreams. I think is not impossible to get hired by Google, but this is very difficult and complex.

Oi, meu nome é Fábio e eu tenho um sonho: trabalhar no Google. Durante esse ano, eu vou trabalhar para alcançar este sonho e depois disso eu posso alcançar todos os meus outros sonhos. Eu acho que não é impossível ser contratado pelo Google, mas isto é muito difícil e complexo.

Esse é parte de um post publicado no Blog que tem exatamente esse endereço:
www.EuQueroTrabalharNoGoogle.com 8)

O Autor do Blog, como vemos na mensagem acima, é Fábio Ricotta, 21 anos, morador de Itajubá-MG. Fábio estuda Ciência da Computação na Universidade Federal de Itajubá.

O vídeo abaixo mostra o que o Google tem de tão especial.
Feita pelo programa Mundo S/A, a reportagem conta e mostra detalhes sobre o escritório brasileiro do Google e suas técnicas para motivar os funcionários.

See… 8)

English Experts

Garota de 9 Anos com Certificação Microsoft

29 de December de 2008 Leave a comment

Menina de 9 anos é a mais jovem já aprovada em certificação da Microsoft… 😐

Matéria exatamente como na PCWorld:

The girl, from the Tamil Nadu region of India, passed Microsoft’s exam this week, according to Indian media reports. She’s now the youngest person to ever do so, breaking a previous record held by a 10-year-old from Pakistan.

Uma Garota, de Tamil Nadu, região India, passou em um exame da Microsoft nessa semana, de acordo com o Noticiário relacionado ao assunto na India. Ela é agora a mais jovem a conseguir tal feito, quebrando o recorde anterior que era de um garoto de 10 anos, paquistânes.

She explains her story in the video below.
See… 8)

Para quem estuda inglês, Uma dica interessante…

26 de December de 2008 Leave a comment

Ontem cheguei a um site não lembro exatamente como…
Com várias dicas para quem estuda inlgês…
English Experts é o nome do Site…
É um blog na verdade…
Como o Instinto… 8)

Então, Dois posts que eu achei muito bacana…

400 palavras em inglês num minuto
As Palavras Mais Comuns da Língua Inglesa, com download

Sobre o segundo tema eu já li em outros lugares.
Inclusive, o arquivo em PDF para download eu já tenho.

Fantástico!
Como esse documento ajuda.

E sobre o primeiro tema eu não tinha encontrado nada ainda e achei muito bacana também.
Muito útil.

Claro que entram diversas regras para a utilização real no dia-a-dia, mas isso é questão de estudo, de adaptação.
Os conceitos principais também são super importantes…
E esse assunto, por exemplo, se encaixa nesse contexto exatamente…
Se é que você me entende…
Ok… 8)

Bom, quem tiver interesse…
Estiver estudando inglês…
Ou quiser começar…
Eu indico…

400 palavras em inglês num minuto

As Palavras Mais Comuns da Língua Inglesa, com download

I hope also wich you use this…

Não "mânja" nada de Linux? Sem problemas…

4 de October de 2008 1 comment

Hoje em dia o Windows não é o único ou o mais usado Sistema Operacional, seja em Máquinas Desktop ou Servidores.
Vemos outros Sistemas Operacionais sendo usados em grande escala como Sistema Base para vários tipos de serviços, sejam eles gráficos, de monitoria, de missão crítica ou para fins residenciais.

Falando de Sistemas baseado em Unix, um exemplo fácil; Muitos Desktops lançados e vendidos hoje por empresas, digamos, que tem a população de baixa renda como clientes em primeiro foco, tem uma versão/distribuição Linux como Sistema Operacional. Independente da versão ou distribuição, como chamamos/como citei acima, instalado na máquina. O ponto é que a base do sistema é a partir de Sistemas Unix.

Eu sou um fã incondicional e Usuário Ascíduo de Sistemas Operacionais Linux, mas não militante, radical, digamos. Ou seja, sei da importância que o Windows, por exemplo, tem no mercado e não deixo de estudar sobre ou usá-lo as vezes também, até porque a função profissional que exerço hoje pede que eu não deixe o R-Windows ‘de lado’. 😉

Bom, mas fato é que muitas pessoas não vêem isso como realidade e estão deixando de aprender algo que faz diferença, inclusive no que diz respeito ao Mercado de Trabalho.

Muita documentação existe atualmente na internet, não só em relação ao Linux, mas referente a quase todos os assuntos que possamos imaginar. Ou melhor, na internet encontramos de tudo, literalemte!

Ééé, assim é melhor. rs. 🙂

Nesse post vou citar um artigo que achei bacana, onde são apresentados alguns comandos básicos do Linux, mas que se adeqüam a qualquer distribuição e resolvem muitas coisas.

O artigo foi publicado no site Viva o Linux ( http://www.vivaolinux.com.br ), o qual tem como principal ponto a comunidade extremamente ativa e que faz o conteúdo do site ser uma fonte incrível de informações.

O criador do artigo é Italo Fonseca.
Qualquer dúvida ou crítica, por favor, direcionem à ele estritamente! 😉

1. Comandos básicos do Linux – parte 1

Comandos para manipulação de arquivos e diretórios.

1. Comando ls (lista informações sobre os arquivos e conteúdo dos diretórios)

Exibe apenas os diretórios (ambos os comandos abaixo):

$ ls -l | grep ^d
$ls -d */

Exibe os arquivos ocultos, iniciados com “.”:

$ ls -a

Exibe os arquivos ocultos, exceto o “.” e “..”:

$ ls -A

Exibe as informações referentes aos arquivos e diretórios em colunas:

$ ls -l

Para exibir os arquivos com seus tamanhos em KB, MB e GB, basta adicionar o h:

$ ls -lh

Exibe os arquivos na ordem inversa (alfabeticamente):

$ ls -r

Exibe o diretório e seus respectivos subdiretórios (adicionando o “| more”, ajuda na melhor visualização):

$ ls -R | more

Exibe o número do inode (identificador único que cada um arquivo recebe) de cada arquivo/diretório:

$ ls -i

Exibe o UID (Identificador do usuário) e GID (Identificador do grupo) do arquivo:

$ ls -nl

Exibe além de outras informações, o dono do arquivo/diretório:

$ ls -o

Exibe “/” no final de cada diretório, “*” para executáveis e “@” para os links:

$ ls -F

Exibe uma lista de arquivos/diretórios ordenados pela data de criação:

$ ls – Fltr

Exibe todos os arquivos com a extensão “txt”:

$ ls -l *.txt

Exibe todos os arquivos com a extensão “txt” que contenham a palavra “ubuntu”:

$ ls -l *.txt | grep ubuntu

Exibe o número de quantos arquivos existem num diretório:

$ ls -A | wc -l

Exibe o número de quantos diretórios existem num diretório:

$ ls -A -p | grep “/” | wc -l

Essas foram algumas formas de se utilizar o comando ls. É sempre bom dar uma pesquisada no seu manual e/ou help através dos comandos:

$ man ls
ou
$ ls -help

2. Comandos básicos do Linux – parte 2

3. Comandos básicos do Linux – parte 3

Categories: Artigo, Dicas Tags: ,